[Últimas postagens] [Acessadas agora] [+ acessadas] [Esquecidas]

Saiba como funciona um 'quarto do pânico'


Atividade: 7217 - Saiba como funciona um 'quarto do pânico'
Descrição: Os chamados quartos do pânico - cômodos residenciais com portas e janelas blindadas -, cujo consumo se popularizou na classe média paulista após onda de arrastões na capital, contam com câmeras, paredes com blocos de concreto, telefone ligado a uma central de segurança e fechadura de até 16 pinos.

Os chamados quartos do pânico - cômodos residenciais com portas e janelas blindadas -, cujo consumo se popularizou na classe média paulista após onda de arrastões na capital, contam com câmeras, paredes com blocos de concreto, telefone ligado a uma central de segurança e fechadura de até 16 pinos.

A reportagem do R7 visitou uma fábrica de quartos do pânico em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, e produziu um infográfico sobre essas células de segurança (ver abaixo).

Os preços variam de acordo com o tamanho da área a ser protegida e com o tipo de proteção que o cliente deseja ter em casa. O valor pode chegar a até R$ 100 mil. Existem quatro níveis de blindagem permitidos para o uso residencial, que variam de acordo com a resistência à arma usada pelo criminoso. O mais simples aguenta tiros de pistola 9mm. O mais reforçado é capaz de segurar balas disparadas por fuzil AL 7.62 (arma mais potente que uma AR 15).

As esquadrias usadas no quarto do pânico também são blindadas. No caso de janelas e portas de vidro, quanto maior a espessura, maior o grau de segurança. Feitas de várias camadas de vidro comum, elas são seladas, no lado interior, com uma película que impede que se quebrem.

As portas blindadas são compostas por uma chapa de aço. Elas podem ser revestidas de acordo com a preferência do cliente, com acabamentos de madeira, pintura e inox. A fechadura também é à prova de balas e arrombamentos. Já as paredes de um 'quarto do pânico' são construídas com blocos de concreto maciço.

No interior do cômodo, é possível instalar equipamentos, como um telefone ligado a uma central de seguranças e câmeras que gravam o interior do ambiente. Empresas de blindagem recomendam que seja sempre deixado um celular – para uso exclusivo em caso de emergência – dentro do quarto.

O preço de um quarto do pânico varia de acordo com os itens que cada um quer instalar. Para blindar uma porta de apartamento, é preciso desembolsar entre R$ 3.500 e R$ 5.000. Se acrescentar uma janela, o preço pode sair em torno de R$ 10 mil. Quando o projeto envolve um quarto interior, incluindo as paredes, o custo é de aproximadamente R$ 100 mil.
Acessos: 12690
Fonte: http://noticias.r7.com

Diretos humanos - 53 atividades encontradas